11
jul
2016

Como funciona um campeonato de som automotivo?

Antes de saber como funciona um campeonato de som automotivo é preciso considerar que cada liga relacionada com o assunto possui regras próprias, ou seja, os eventos acarretam diretrizes diferentes entre si, o que de fato ajuda às competições terem personalidade.

O mais interessante é que no campeonato de som automotivo os entusiastas de carros tunados podem encontrar amigos, as garotas tuning e o melhor da festa, ou seja, verdadeiras sonorizações invocadas!

Abaixo você vai conhecer o regulamento do Campeonato SPL (Sound Pressure Level), o que em português pode ser traduzido como Nível de Pressão Sonora. Regras previstas conforme a organização do Campeonato Brasileiro de Sons, Rebaixados e Tuning.

como_funciona_um_campeonato_de_som_automotivo

Regulamento geral SPL: como funciona um campeonato de som automotivo

As competições SPL também têm por objetivo medir a potência sonora no interior do veículo. Em tal modalidade não poderão ser usados: cornetas, drivers e tweeters.

O microfone é posicionado no interior do veículo, voltado ao para-brisa, no lado do passageiro, via ventosa, e, a fixação da mesma não pode ser alterada por competidores.

Tal microfone deve ficar na parte direita do lado frontal no interior automotivo, zona à qual se localiza o banco dos passageiros, e, jamais pode se aproximar a duas polegadas das bordas de vidro, uma polegada do painel, ou, meia polegada da zona na qual se localiza o vidro.

Como funciona um campeonato de som automotivo: carro e CD gerador!

Outro fator importante, previsto no guia de como funciona um campeonato de som automotivo, está no fato do veículo ter que permanecer fechado durante todo o tempo de medição previsto na competição.

É possível existir no máximo 1 ocupante dentro do carro. Vale destacar que o veículo precisa permanecer ligado em marcha lenta. Acelerar durante a medição gera desclassificação imediata.

O CD gerador de áudio utilizado para a medição é de responsabilidade do competidor, podendo ser utilizadas faixas de frequência até 80Hz. Caso seja usada uma frequência maior o competidor terá sua inscrição cancelada. A fiscalização pode ser feita pelo próprio equipamento RTA.

Tempo de medição!

A medição é outro fator importante no livro de regras que explica como funciona um campeonato de som automotivo. Todos os competidores possuem o direito de segunda medição, que deve ser feita logo em seguida após a primeira, no prazo de 6 minutos.

Vale destacar que os resultados de segunda medição cancelam a primeira, automaticamente. Caso o carro saia da linha de medição pode voltar apenas após pagar outra inscrição e se tornar competidor novamente.

Na linha de medição podem permanecer apenas 1 competidor e 2 acompanhantes.

Todos os competidores têm o conhecimento que a exposição do aparelho auditivo a altos falantes pode ocasionar perda permanente da audição. Portanto, eles devem utilizar um protetor adequado. Neste sentido, cada um se torna responsável por sua própria proteção.

É proibido usar insulfilm ou outro material que impede a visualização de fora para dentro do carro.

Inscrição

Em nenhuma hipótese o valor pago pelas inscrições será devolvido, mesmo em caso da desistência do competidor. Se for necessário, entre em contato com as organizações e a inscrição poderá ser transferida para uma outra etapa, mas desde que seja autorizado previamente por escrito.

Fica proibido a utilização de pessoas para travar ou segurar as portas do carro, isto é, ao momento da medição ninguém pode encostar no veículo. Este tipo de regra muda conforme as categorias, afinal, existem modalidades mais potentes nas quais é permitido travagem de pelo menos três pessoas.

Qualquer ação ou atitude antidesportiva tomada por quaisquer competidores ou seus ocupantes, durante o evento, poderá ser utilizada como motivo à desclassificação. Dependendo dos casos os competidores ficam banidos para sempre dos eventos em nível nacional.

Durante os 30 segundos de medição é proibido bater no carro, abrir as portas ou janelas, sob pena de anular a medição ou até mesmo desclassificar o competidor.

O equipamento utilizado para realizar medições é o RTA-30, com sensor M8, que tem capacidade para medir até 179 dB.

Todos os competidores autorizam a divulgação de seus dados no campeonato, assim como fotos dos carros em sites, jornais e revistas especializadas, caso contrário, os mesmos devem fazer uma declaração, ou, não participar da liga.

Acabamentos e bancos

Acabamento: Obrigatório em todo o carro, podendo apenas retirar o tampão traseiro. Não é permitido tirar os acabamentos dos dutos de ar do veículo, modificar o painel, ou, até mesmo, partes plásticas do interior dos porta-malas.

Bancos: Pode reclinar dianteiros (deitar). Os traseiros devem permanecer nos locais originais e travados.

Categorias nos campeonatos de som automotivo!

como_funciona_um_campeonato_de_som_automotivo

como_funciona_um_campeonato_de_som_automotivo

como_funciona_um_campeonato_de_som_automotivo

como_funciona_um_campeonato_de_som_automotivo

como_funciona_um_campeonato_de_som_automotivo

como_funciona_um_campeonato_de_som_automotivo

Por fim, e, não menos importante, após saber como funciona um campeonato de som automotivo vale a pena comprar os acessórios e equipamentos indispensáveis para participar. Acesse o site da Tuning Parts e adquire produtos automotivos em diversas vezes sem juros.


POSTADO EM Curiosidades

COMENTAR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *