12
maio
2017

O parachoque de hoje é resistente como os antigos? Confira a prova

Olá amigo amante de carros! Sejam bem vindos de volta!  O que dizer do bom e velho parachoque? Além de conferir uma estética bacana aos carros os parachoques são muito mais que adorno automotivo.

Seu próprio nome já é auto explicativo: parachoque – parar o choque do veiculo contra outro objeto, seja ele estático ou móvel. Os parachoques de antigamente, modelos de aço, resistentes fortes e imponentes, perderam espaço para os modelos de plástico. A explicação é, razoavelmente, simples: absorção de impacto.

Parachoque de Aço

Modelos de aço são fixados diretamente no chassi do veículo, protegendo o painel dianteiro ou traseiro e, quando acontece a colisão, toda força do impacto reflete na estrutura do veículo, causando maiores danos tanto aos passageiros quanto ao veículo em si.

Os novos modelos de parachoques são projetados para deformar com o impacto possibilitando uma maior absorção do choque, diminuindo possíveis danos aos passageiros e à estrutura do veículo.

É legal conferir os modelos de parachoques antigos! Abusam no cromado e, alguns modelos, possuem curvas sexys. Mas, não é pelo fato de que os parachoques novos são de plástico que perderam em design. Eles acompanham as linhas da carroceria e deixam a estrutura simétrica, harmoniosa.

Assim, no que ser refere à resistência, com certeza os parachoques de antigamente ganham dos mais modernos visto o material empregado em sua confecção. Os novos modelos perdem em resistência, mas em prol de uma boa causa.

No chamado crash test é possível constatar a diferença entre um impacto sofrido por um carro de tecnologia antiga em contrapartida aos novos modelos. A absorção do impacto promovida pelos novos parachoques concorre para que o dano não atinja os passageiros do veículo.

E nunca é demais lembrar, na falta daquele conhecimento técnico refinado, procure um especialista no assunto para tirar suas dúvidas e até mesmo efetuar a instalação para você – neste caso um bom funileiro.

Não se esqueça de visitar as páginas da Tuning Parts nas redes sociais e o nosso siteYoutube, Facebook e Instagram.

No mais, um forte abraço e até a próxima.

Escrito por: Luciano Dantas de Souza


POSTADO EM Curiosidades

COMENTAR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *